Menu

Subtema 8º ano 2021

8º ANOS CIÊNCIA E TECNOLOGIA Nas sociedades contemporâneas, os conteúdos de ciência e técnica não se restringem à dimensão material de produção econômica, mas influenciam na forma pela qual lemos e compreendemos o mundo e, claro, na forma pela qual projetamos e nos organizamos para a produção do(s) futuro(s) possível(is). Há, no entanto, um privilégio das dimensões instrumentais e práticas do uso das tecnologias, em detrimento de uma abordagem mais social, ou mesmo comportamental do uso das tecnologias. Pensar a importância das tecnologias como ferramenta de incremento social, como uma dimensão que altera nosso ser-estar no mundo e, através dessa compreensão, investigar seu papel na construção do devir, pensando-as a partir dos direitos humanos e do bem estar biopsicossocial (individual e coletivo) significa questionar, compreender e projetar a forma pela qual lidamos com o mundo tecnológico no qual estamos inseridos e, ao que tudo indica, que continuará a se renovar em alta velocidade.
    A – TECNOLOGIAS SOCIAIS: DESENVOLVIMENTOS RECENTES E IMPACTOS SOCIAIS
    “Conjunto de técnicas, metodologias transformadoras, desenvolvidas e/ou aplicadas na interação com a população e apropriadas por ela, que representam soluções para inclusão social e melhoria das condições de vida” (ITS BRASIL. Caderno de Debate – Tecnologia Social no Brasil. São Paulo: ITS. 2004: 26) O desenvolvimento tecnológico com o intuito de provocar impactos sociais positivos tem sido um campo ainda pouco trilhado, mas promissor para a ciência e a tecnologia. Não se trata apenas de democratizar o acesso às tecnologias existentes – ou ás novas criadas – mas de se pensar a tecnologia a partir de bases sociais, o que pode implicar em mudanças profundas na forma pela qual pensamos e agimos na atualização tecnológica. Prescrutar o que tem sido feito neste sentido e refletir sobre as novas possibilidades que esse campo sugere é procurar novas representações para o desenvolvimento tecnológico colocando a humanidade – as sociedades – como o centro de nossas buscas e pesquisas, o que é uma reorientação radical no modelo de desenvolvimento tecnológico atual.
B – TECNOLOGIAS COMUNICACIONAIS:
Se há hoje uma novidade em termos de tecnologia é a ampliação da capacidade de comunicação em tempo real fazendo explodir limites recentes de espaço e tempo e capacitando a comunicação em rede em um espaçotempo instante – mundo. As distâncias abolidas, ou ressigniifcadas, são hoje um fato, fazendo ampliar a capacidade de produção e difusão de conhecimento, mas também de produção de muita confusão com a propagação de notícias falsas e a dificuldade em nos certificarmos da validade dessa ou daquela informação que, em certos casos pode ser o seu contrário, isto é, fonte de desinformação. Refletir em torno dessas questões e como lidar de forma inteligente e significativa com as tecnologias comunicacionais é nosso grande desafio.
C – USOS E ABUSOS DOS DISPOSITIVOS MÓVEIS: ISOLAMENTO E REDES
Os dispositivos móveis têm realizado uma verdadeira revolução no nosso ser estar no mundo contemporâneo. Todos nós (ou quase) temos nossos aparelhinhos como uma extensão de nosso corpo e nele depositamos uma parte significativa de nosso tempo (livre ou mesmo de trabalho/estudo). Alguns pesquisadores têm atentado para a dependência que alguns de nós já desenvolveu para com esses aparelhinhos, mas também há impactos em nossa percepção espacial e temporal, em nossas relações sociais, em nossos comportamentos. Há casos descritos de isolamento social crescente, ou até de depressão associados ao uso indiscriminado desses “recursos”. Negar seu potencial, ou  sua importância, defendendo “políticas de abstinência” talvez não seja o melhor caminho, mas sem dúvida temos que refletir sobre a forma pela qual temos nos apropriado – e utilizado esses aparelhinhos.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

VEJA TAMBÉM